8 de setembro, 2017

Setembro é o mês dos filmes feitos pelo MERCOSUL

Os filmes feitos na região continuarão circulando pelas diferentes salasda Rede de Salas Digitais do MERCOSUL, durante o mês de setembro. Seis dassalas da Rede exibirão 16 filmes, mostrando assim amplos e diversificadospontos de vista, aproximando-nos das diversas realidades que nos rodeiam.

Entre os filmes selecionados, estão os argentinos El Colchón, Yo sélo que envenena e os documentários Años de calle e Damiana Kryygi. Também serãoexibidas as coproduções uruguaio-argentinas El lugar del hijo, Unanoche sin luna e Selkirk, el verdadeiro Robinson Crusoe.

 

Os filmes brasileiros em cartaz são Uma História de Amor e Fúria, CampoGrande, À Queima-Roupa e Democraciaem Preto e Branco. Também serão exibidos o filme paraguaio 7cajas, a ficção chilena Matar a un hombre e os filmesvenezuelanos Pelo malo e Galus galus. A programação tem comodesfecho a exibição do filme uruguaio Noctiluca, um curta-metragem deanimação.

 

A Rede de Salas Digitais do MERCOSUL é um circuito de difusão culturalde conteúdos audiovisuais da região. A Rede é um projeto da RECAM (ReuniãoEspecializada de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do MERCOSUL) parapromover o desenvolvimento da cinematografia do MERCOSUL como instrumento deintegração cultural na região. O objetivo da Rede é contribuir para acirculação de conteúdos audiovisuais feitos pelo MERCOSUL, incentivando umamaior presença do público na bilheteria nas salas de cinema das cidades elocalidades de cada país.

 

Compartir en Facebook